QUAIS SERÃO OS IMPACTOS DA PANDEMIA NO MOBILIÁRIO DOMESTICO?

O que você pode não saber é que muito do design das nossas residências contemporâneas surgiu em decorrência de outras grandes epidemias, como a pandemia de gripe de 1918, tuberculose e disenteria, por exemplo.

A história do mobiliário está muito relacionada à medidas de saúde. A professora de História da Arquitetura, Juliana Suzuki, explica que isso começa com as medidas sanitaristas na Europa, no final do século 19.

Naquela época, tarefas muito básicas, como lavar as mãos e limpar a casa, não eram costumes. Foi só com os avanços da Ciência e a descoberta das bactérias que a compreensão sobre higiene passou a ser difundida.
Veja exemplos de itens, cujo design foi vinculado a tentativas de conter doenças infecciosas:

A mudança para concentrar tudo nos armários aconteceu para facilitar a limpeza dos quartos. Guarda-roupas e gabinetes eram pesados e juntavam muita pó e sujeira.

Sabe os famosos azulejos brancos de hospital? Eles se popularizaram nas casas a partir do século 19, porque eram associados à limpeza e a ambientes livres de germes. Foi nessa época que as pessoas começaram a compreender como boa parte das doenças infecciosas se propagavam, assim, paredes claras, lisas e fáceis de limpar eram uma forma de garantir que a sujeira apareceria e pudesse ser limpa facilmente.

Lavabos ideia por trás do lavabo era não ter de compartilhar o banheiro que você e sua família usam com estranhos. Um banheiro logo na entrada da casa era conveniente caso alguma visita quisesse usá-lo.
Além disso, ter uma pia perto da sala e da entrada estimulava a higiene das mãos, medida crucial na prevenção de doenças.

Ainda é meio cedo para saber quais serão os impactos do Coronavírus no mobiliário doméstico, contudo, é seguro dizer que as medidas sanitárias voltarão a ser a pauta. Talvez no futuro, as casas terão pias ao lado das portas principais, bem como espaços para deixar os sapatos e roupas e até, talvez, entradas separadas que vão direto para os toaletes, para que a higienização aconteça antes de entrar.

Fonte: Casa.com.br